Regulamento

TARIFÀRIO

* Feriados prolongados, festivais e eventos do calendário cultural da cidade: tarifas a combinar.

A Diária inclui:

  • Café da manhã (8h às 10h).

  • Check in: 14:00 h

  • Check out: 11:00 h

  • Não cobramos taxa de serviço.

Cartões: Visa, MasterCard .
 

Finais de semana reserva mínima de 2 diárias.

Recebemos grupos de até 21 pessoas. Consulte-nos.

Estacionamento externo: A pousada está localizada no centro Histórico próxima ao Cais da cidade e por isso o acesso facilitado. Seu carro chegará até a porta e ficará estacionado em  vaga, logo na entrada da pousada, juntamente com os carros dos demais hóspedes. Há 07 vagas que correspondem ao número de aptos existentes e 01 vaga para o carro da pousada.

Só hospedamos crianças maiores de 8 anos.

Não há espaços adequados para receber animais de estimação.

A pousada não possui piscina.

 

No ato da reserva é necessário informar:

  • nome

  • telefone/cel

  • data de entrada e saída.

  • Tipo de acomodação, nº de pessoas

Após efetuar a pré-reserva informaremos os dados bancários para a confirmação.

Na confirmação de sua reserva solicitamos que nos seja encaminhada cópia do comprovante de depósito por Whatsapp ou via e-mail (reservas@pousadaflordomar.com.br), juntamente com os dados de sua pré-reserva.

Aplicamos o código de defesa do consumidor que dá ao cliente 7 dias (após a confirmação do depósito), para cancelamendo com devolução do saldo antecipado.

 

Todas as reservas em nossa Pousada envolvem o aceite das condições de hospedagem e das cláusulas de cancelamento aplicadas,  baseadas nas orientações da EMBRATUR.

 

Cláusulas de cancelamento, saída antecipada e no-show

- A solicitação de cancelamento ou transferência de datas deverá ser encaminhada por escrito, por whats app ou e-mail, não sendo aceita a comunicação por telefone;

-Cancelamentos de reservas solicitados até 15 dias antes do início da hospedagem terão reembolso integral, através de depósito em conta bancária, informada pelo cliente, deduzindo as taxas bancárias;

-Entre 08 e 14 dias antes do início: devolução de 50% do valor depositado ou transformação do valor integral em crédito de hospedagem, com validade de 60 dias após a data do cancelamento. Este crédito deverá ser usado mediante nova consulta de disponibilidade e de acordo com tarifas do novo período desejado. O crédito não será válido para pacotes de eventos (feriados e eventos do Calendário Cultural da cidade), diárias únicas de sábado para domingo e no caso de um segundo cancelamento ou não comparecimento;

 7 dias antes do início da diária ou pacote, não serão aceitos: pedidos de cancelamento,  reembolso do valor depositado ou  conversão em crédito;

-Em não comparecimento do hóspede, sem comunicação prévia, será considerado no-show. Na data marcada do check-in, o apartamento ficará disponível por 24 horas. Após esse período ocorrerá o cancelamento automático da reserva, não havendo qualquer reembolso de qualquer valor;

-A desistência durante o período de hospedagem implica no pagamento total preestabelecido;

 

Embratur - Deliberação Normativa 387


Reserva de Hospedagem

A Deliberação Normativa nº 387 da Embratur, que dispõe sobre o Regulamento dos Meios de Hospedagem, estabelece que os contratos para reserva de acomodações e hospedagem deverão ser consubstanciados por documentos escritos, ou seja, troca de correspondências (inclusive via fax ou e-mail) entre os responsáveis pelos meios de hospedagem e o hóspede ou agente de turismo contratante.

No ato da reserva de hospedagem, deve o estabelecimento hoteleiro informar clara e precisamente sobre as características, qualidades, preço, etc. da oferta dos serviços a serem prestados, inclusive, o prazo de cancelamento da reserva.

Isto decorre, do princípio da publicidade, hoje, muito em prática pelo nosso Código de Defesa do Consumidor. Respeitadas as reservas confirmadas, o estabelecimento não poderá se negar a receber hóspedes salvo por motivo justificável ou previsto na legislação em vigor.

Cancelamento da Reserva de Hospedagem

é bem comum o hóspede requerer a devolução do valor pago pela reserva de hospedagem, alegando à s vezes que o estabelecimento não condizia com o esperado, ou simplesmente sem maiores explicações.

Conforme já abordamos no item Reserva de Hospedagem, os contratos de reserva de acomodações e hospedagem deverão ser consubstanciados por documentos escritos, ou seja, troca de correspondências (inclusive via fax) entre os responsáveis pelo meio de hospedagem e o hóspede ou agente de turismo contratante.

Mais uma vez, alertamos que no ato da reserva de hospedagem, deve o estabelecimento hoteleiro informar clara e precisamente sobre as características, qualidades, preço, etc. da oferta dos serviços a serem prestados, inclusive, o prazo de cancelamento da reserva.

Porém, como na maioria dos casos este fato - cancelamento de reserva - deverá ser analisado conforme as particularidades de cada caso. Desta forma, respeitadas as exigências mínimas estabelecidas no ato da contratação, em princípio, o hotel não deve devolver a quantia paga a título de reserva de hospedagem.  

 

- COVID 19 - 


Em atendimento ao disposto na Lei Federal 14.186, de 2021, que atualizou a Lei Federal 14.046, de 2020, nos casos de cancelamento, saída antecipada (após efetivação do check-in, ou seja, na entrada na pousada) e no-show, para efeito de reservas realizadas a partir de 1º de janeiro de 2023, em que ocorra a suspeita ou confirmação de COVID-19, NÃO HAVERÁ QUALQUER TIPO DE RESTITUIÇÃO, REEMBOLSO EM DINHEIRO OU CRÉDITO EM NOVAS DIÁRIAS, acarretando a perda total da quantia paga pelo pacote da hospedagem ou diária.
Para reservas realizadas a partir de 1º de janeiro de 2023 serão aplicados o Código de Defesa do Consumidor (CDC) e subsidiariamente o regulamento da pousada.
ADIAMENTO POR COVID-19
Também com base na Lei Federal 14.186, de 2021, no caso de cancelamento de reserva por suspeita ou confirmação de contaminação por COVID-19, para efeito de reservas realizadas de 1º de janeiro de 2020 a 31 de dezembro de 2021, serão asseguradas as seguintes medidas de adiamento: i) a remarcação da reserva; ou, ii) a disponibilização de crédito para uso ou abatimento em reserva futura. 
As medidas de adiamento serão asseguradas sem prejuízo do art. 49 do Código de Defesa do Consumidor (CDC) – direito de arrependimento no prazo de 7 (sete) dias da data de realização da reserva.
A remarcação da reserva ou a disponibilização de crédito para uso ou abatimento em reserva futura ficará disponível aos consumidores até 31 de dezembro de 2022, sem a obrigação de reembolsar imediatamente os valores já pagos.
RESTITUIÇÃO DE VALOR
A pousada ficará obrigada a restituir o valor recebido até 31 de dezembro de 2022, somente se ela ficar impossibilitada de oferecer a remarcação da reserva ou a disponibilização de crédito para uso ou abatimento em reserva futura até o prazo de 31 de dezembro de 2022 para os cancelamentos realizados até 31 de dezembro de 2021 e até 31 de dezembro de 2023, para os cancelamentos realizados de 1º de janeiro a 31 de dezembro de 2022.
A pousada fica desobrigada de qualquer forma de ressarcimento (restituição do valor; remarcação da reserva; e, disponibilização de crédito para uso ou abatimento em reserva futura) se o consumidor não fizer a solicitação no prazo de 120 (cento e vinte) dias, contado da comunicação do cancelamento informado por ele ou do cancelamento dos serviços informado pela pousada, ou 30 (trinta) dias antes da data da reserva, sendo observado o prazo que ocorrer antes.